quarta-feira, 9 de março de 2016

Salas de Espetáculos II - Sala São Paulo, São Paulo, Brasil

I - Salas de Espetáculos  - Sala São Paulo 


                                        Interior da Sala São Paulo  

Sala São Paulo, é localizada no Centro Cultural Júlio Prestes, antiga Estação de trens Júlio Prestes na cidade de São Paulo. Ela tem uma capacidade de 1498 lugares e é a sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP). É palco para apresentações sinfônicas e de câmara e foi concebida de acordo com os mais atualizados padrões internacionais. Muitos especialistas consideram a Sala São Paulo uma das salas de concerto com melhor acústica   no mundo,  comparável à de muitas salas dos Estados Unidos ou da Europa, mundialmente conhecidas, como o Symphony Hall de Boston, o Musikverein, em Viena, e o Concertgebouw, em Amsterdã. 

I.1 - Histórico


Projetado por Christiano Stockler das Neves em 1925 ―período em que a cidade, estimulada pelo café e pela ferrovia, crescia em ritmo acelerado― o prédio, marcado pela sobriedade dos ornamentos e detalhes do estilo Luís XVI, seria concluído somente em 1938, quando a urbanização de São Paulo já se caracterizava pela presença de automóveis, minimizando a utilização de bondes e trens.


As principais áreas do edifício já vinham sendo locadas para a realização de festas e eventos institucionais quando, em 1997, a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo assume seu controle para transformá-lo no Complexo Cultural Júlio Prestes.


Situada no centro da Cidade, vizinha da Pinacoteca do Estado e do Museu de Arte Sacra, a Sala São Paulo fez realizar o potencial de revitalização da região.


Tombada como patrimônio histórico pelo Condephaat, a Sala São Paulo foi inaugurada em 9 de julho 1999 com a apresentação da sinfonia A Ressurreição, de Gustav Mahler, pela Osesp, para ser mantida como importante marco de nossa cidade.



- Antiga Estação Júlio Prestes







- Centro Cultural Júlio Prestes

Centro Cultural Júlio Prestes, que localiza-se na antiga Estação Júlio Prestes, na cidade de São Paulo, foi inaugurado no dia 9 de julho de 1999. O edifício  foi completamente restaurado e remodelado pelo Governo do Estado como parte do projeto de revitalização do centro da cidade. Ao lado está a Estação Pinacoteca com exposições de arte.



I.2 - Características da Sala São Paulo


- Formato

A Sala tem uma arquitetura no estilo "Caixa de Sapato" que é considerada pelos especialistas como o melhor formato para Salas de Concerto. 




- Teto Ajustável

teto ajustável da Sala São Paulo pode ficar a uma altura máxima de 25 metros acima do piso principal. O teto possui 15 painéis, cada um pesando 7,5 toneladas e são detidos por 20 cabos metálicos enrolados. Os painéis podem ser controlados individualmente, permitindo que o volume do hall possa ser ajustado para entre 12 mil e 28 mil . Isso garante que a intensidade de qualquer composição tenha o seu conceito acústico respeitado.

Os painéis podem ser ajustados independentemente ou em conjunto, através do uso de computadores, travas e sensores automáticos. Junto com o limite  máximo da flexibilidade, 26 banners de veludo  podem travar a 8 metros de altura, de acordo com as vibrações necessárias. É uma vantagem adicional, pois esse sistema une elementos da arquitetura original do edifício com novos conceitos de arquitetura.

Palco



 Salas de Espera / Cafés / Corredores

Amplamente restaurados as salas de espera e corredores da Sala São Paulo são frequentemente utilizadas para recepções muitas vezes atreladas a algum espetáculo na própria sala.






II - As melhores acústicas em salas de espetáculos no Mundo


O crítico de música Trevo Cox, publicou recentemente no jornal Inglês "The Guardian" a lista das dez melhores salas de concerto do mundo com enfase especial em sua acústica.

A lista é mostrada a seguir sem critério de ordem:

  • Culture and Congress Centre Concert Hall, Lucerne, Switzerland
  • Boston Symphony Hall, US
  • Bridgewater Hall, Manchester, UK
  • Grosser Musikvereinssaal, Vienna, Austria
  • Berlin Philharmonie, Germany
  • Christchurch Town Hall Auditorium, New Zealand
  • Philharmonie de Paris, France
  • The Sibelius Hall, Lahti, Finland
  • Tokyo Opera City Concert Hall, Japan
  • Sala São Paulo, Brazil

III - Referências

Textos:
- Wikipedia - Sala São Paulo 
- Site oficial da Sala São Paulo - http://www.salasaopaulo.art.br/

Fotos:
Webysther Nunes em Wikimedia Commons
dornick em Wikimedia Commons
Julio Boaro em Wikimedia Commons
Aguina em Dreamstime.com
Luisrftc em Dreamstime.com




Nenhum comentário:

Postar um comentário