quinta-feira, 18 de junho de 2015

Casa de Shakespeare em Stratford-upon-Avon e Castelo de Warwick

I- Stratford-Upon-Avon


Situada na margem esquerda do rio Avon, bem no centro das "Midlands (Terras Centrais)", Stratford-upon-Avon é uma das cidades mais famosas da Inglaterra. Habitada desde os tempos dos romanos, sua  aparência atual é a de uma pequena cidade-mercado da era da dinastia Tudor (1485~1603), preservando a arquitetura antiga em vigas de madeira e passeios tranquilos à margem do rio. 



                                              Casa onde nasceu Shakespeare

    Rio Avon (foto de david hughes em fotolia.com) 

Famosa por ser a terra onde nasceu Shakespeare, Stratford-upon-Avon é uma das cidades mais visitadas do país. Como gasta-se cerca de duas horas de Londres, de carro/trem, é comum existirem excursões de um dia cobrindo as cidades de Oxford, Stratford e Warwick. Para quem quiser fazer um bate volta de carro / trem por conta própria não existe maiores dificuldades.


II. - Shakespeare


Nascido em 23 de Abril de 1564, em Stratford-Upon-Avon,  William Shakespeare foi um poeta e dramaturgo considerado até hoje como o maior escritor inglês e o autor teatral mais influente do mundo. 

Shakespeare foi criado em Stratford-upon-Avon e já aos 18 anos casou-se com Anne Hathaway com quem teve três filhos. Entre 1585 e 1592 mudou-se para Londres onde começou uma carreira bem sucedida como ator, escritor e proprietário de uma companhia de Teatro chamada "Lord Chamberlain's Men", posteriormente conhecida como "King's  Men". 

Shakespeare produziu a maior parte de sua obra entre 1590 e 1613. Suas primeiras peças eram principalmente comédias e obras baseadas em eventos e personagens históricos. A partir do início do século XVII ele começou a escrever apenas tragédias incluindo Hamlet, Rei Lear e Macbeth. 

Acredita-se que ele tenha retornado a Stratford em torno de 1613, morrendo três anos depois. 

Principais obras de Shakespeare:

Comédias: O Sonho de Uma Noite de Verão, Muito Barulho por nada, O Mercador de Veneza, Os Dois Fidalgos de Verona, A Megera Domada.

Tragédias: Romeu e Julieta, Rei Lear, Macbeth, Otelo, Hamlet. 

Dramas Históricos: Ricardo III, Henrique IV, Henrique V e Henrique VIII.

III - Arquitetura Tudor


O período Tudor refere-se ao período entre 1485 e 1603 em que a Inglaterra foi governada pela dinastia Tudor. A influencia arquitetonica chamada de estilo Tudor desenvolveu-se mais no período em que governaram os reis Henrique VII (1457~1509) e Henrique VIII (1509~1547),  e tem aspectos diferenciados entre as casas residenciais e  palácios e Igrejas.


Nas casas destaca-se a utilização do einxamel, vigas e colunas de madeiras perpendiculares ou inclinados preenchidos com tijolo ou estuqe. 



  Janelas estilo Tudor (L.Shat em fotolia.com)                 Casa estilo Tudor (Lucy Clark em fotolia.com)    


IV - Jardins Ingleses



O que conhecemos hoje como "Jardins Ingleses", foram desenvolvidos no século XVIII. Ao contrário  dos jardins franceses e italianos que privilegiavam o formalismo e os desenhos geométricos, os jardins ingleses passaram a valorizar mais os aspectos pitorescos e a naturalidade da vegetação. 


                           Jardins em Stratford-upon-Avon (fotos de PHB.cz em fotolia.com)


"Hoje em dia, um jardim inglês moderno pode até ter algumas ervas, mas o que realmente conta são as flores, gramíneas e arbustos decorativos. Há certas “regras” a serem seguidas: o terreno não deve sofrer modificações bruscas; deve-se saber utilizar tanto as superfícies planas quanto os taludes. As plantas devem ser de fácil manutenção, para evitar muitas “mudanças humanas” na paisagem.

As plantas mais encontradas em um jardim inglês são : rosas, lavandas, peônias, trepadeiras selvagens como o cipó-do-reino (Clematis vitalba), que é tóxica, violetas, lírios, além de árvores frutíferas e ornamentais." (fonte: www.jardinagemepaisagismo.com)


Nos chalés e na própria cidade de Stratford-upon-Avon é possível apreciar vários exemplos dos jardins ingleses como mostrados nas fotos.

V - Lembranças de Shakespeare


V. 1 Casa onde nasceu Shakespeare


A casa onde nasceu Shakespeare foi completamente reconstruída pelo Estado no século 19, mas conservando todo o seu estilo Tudor original. No seu interior estão expostos objetos ligados ao pai do escritor, John, que era fabricante de luvas e comerciante de lã.


Frente da Casa de Shakespeare (LevT em fotolia)



V.2 - Chalé de Anne Hathaway (esposa de Shakspeare)


O chalé onde morou Anne Hathaway, antes de casar com Shakespeare, fica a 1,5 Km de Stratford. O chalé conserva as características do século 16 e mantém um belo jardim.


                    (david steele em fotolia.com)                                     (david hughes em fotolia.com)


VI - Castelo de Warwick


Sratford-upon-Avon fica no condado de Warwick e está a apenas 20 minutos de um bonito castelo situado na cidade cuja construção remonta ao século XI. O castelo de Warwick é um bonito exemplar de castelos construídos com a finalidade de defesa contra ataques inimigos, mas também ampliados posteriormente para demonstração de opulência e poder de seus proprietários. 


Em 1066 os normandos conquistaram o trono da Inglaterra. O primeiro castelo foi construído em 1068 por Guilherme, o Conquistador, ainda na forma de paliçada de madeira. 

Em recompensa pela sua fidelidade, Guilherme nomeou Henrique de Beaumont, filho de uma poderosa família normanda, como Condestável (Superintendente) do Castelo. Em 1088, Henrique de Beaumont foi feito primeiro Conde de Warwick.

Em 1153, o controle do castelo passou para Henrique de Anjou, posteriormente  rei Henrique II. Mais tarde, Henrique II devolveu o castelo aos Condes de Warwick, uma vez que eles haviam apoiado sua mãe, a Imperatriz Matilda, durante a Anarquia de 1135~1154.

Foi durante o reinado de Henrique II que o castelo de madeira, foi substituído pelo castelo de pedras. Durante a rebelião dos barões de 1173 a 1174 o Conde de Warwick se manteve leal a Henrique II e o castelo foi usado para armazenar provisões. 


                           Castelo de Warwick (arenaphotouk em fotolia.com)


A linhagem dos Beauchamps manteve o controle do condado de Warwick até 1449 quando por falta de herdeiros o título passou para Richrad Neville através de herança de título por sua esposa.

Eduardo, o último Conde de Warwick, da primeira criação do título, foi feito prisioneiro na Torre de Londres entre 1485 e 1499,  e executado a mando de Henrique VII devido a alta traição contra o Rei.  Não havendo sucessor o castelo ficou como propriedade da Coroa. 



Quatro criações de título de Conde de Warwick foram realizadas por motivos diversos, mudando de família a cada vez. O último título foi concedido a família Greville onde o seu oitavo membro, David Greville vendeu o Castelo, em novembro de 1978,  ao grupo Tussauds.


              Vista de pátio interno do Castelo                                    Vista geral do Castelo


Desde que adquiriu o Castelo de Warwick, o grupo Tussauds realizou amplas obras de restauro ao castelo abrindo ao público muitas partes que antes estavam fechadas. 

(Fonte principal Castelo Warwick: www.wikipedia.com)



VII - Referências:


- Guia Visual Folha de São Paulo
- Wikipedia.com
- Fotolia.com
- Notas e fotografias de Viagem


Nenhum comentário:

Postar um comentário